quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Há muito tempo, não escrevo, hoje me deu vontade e escrevi as primeiras palavras que meus dedos quiseram escrever,existem sentimentos contidos que nunca pensei que existiam. Beijos e boa leitura.

 Há uma dor que rasga meu peito...
Uma lágrima dividida e um silencio profundo, 
sabe quando se quer silenciar e quando não se quer.
Existe um vazio entre dois corpos ocultos.
E isso me fere, tanto, tanto...
Que ninguém sequer pode imaginar.
Há vozes em minha cabeça que não se calam,
eu tentei dar o melhor de mim,
mas de nada adianta.
Eu tentei sorrir e não chorar,
mas aquela lágrima dividida decidiu cair.
Eu guardei meus medos, 
para não te assustar...só que eles me assombram, tanto!
Fiquei vazia por dentro , nem mesmo assim consegui.
Aquela dor, me atrapalha e me atropela.
Meus braços doem tentando algo impossível, 
meu corpo se esquiva, mas não adianta,
o sofrimento me procura.
Isso doí, e cada vez mais e mais...
E vou desistido, a cada passo, porque não aguento
mais as vozes e os medos, os silêncios que me afligem, 
as palavras que ninguém me dedica.
Então entendo que nada completa o vazio de dois corpos inexistentes.
E o que resta, é apenas eu,
sendo dilacerada aos poucos e os pedaços sendo deixados 
ali , à dobrar a esquina.

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Você se faz de imbecil
me desorienta
e me condena.
A ignorancia dos seus atos 
e a criança escondida atras do corpo de um adulto.
Sou deixada
e esquecida
faz de mim uma colega de escola
Sou muito mais que isso
sou alguem que sente
e nao uma criança indefesa
que voce deu um tapa na cara
e sai correndo.
Isso doeu e ainda doi.
Entao nao esqueça
um dia todo mundo tem que crescer...
Então vê se cresce!

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Como eu queria dividir com o mundo
a felicidade que sinto ao estar perto de você.
Gostaria que os corações solitários,
abrissem o meu coração e 
percebesse como coração bate ao seu lado.
Que quando choro de tristeza, 
é por te amar demais e 
acreditar que tudo é possível.
Lamento, 
por ter tanta sorte enquanto outros tem tão pouco.
Me entristeço por você não estar aqui agora, 
para me fazer mais feliz ainda.
Pois quando estou com você tudo é muito mais bonito...
Meu sorriso fica mais alegre, 
minha alma transparece, 
meu semblante brilha.
Você, e só você, sabe o quanto me faz tão bem!

sábado, 16 de julho de 2011

Quase nos perdemos...
Encontramos o medo,
ali a beira da espreita,
esperando nos para nós
fazer desistir...

Encontramos a paz...
no Jardim do Éden,
fazendo nos encontrarmos
onde não mais sabíamos
que existimos.

Encontramos o conforto...
Nas lágrimas de nos mesmos,
na exatidão dos fatos,
nas palavras nossas,
que nem mesmo havia existido.

Encontramos sentimentos...
Jogados ali, tímidos e sombrios,
prontos para receber luz...

Nos encontramos...
Onde nunca mais se acharia alguém...
Onde a escuridão, penetrou em nossas mentes,
e desafiou nossos corações...
Encontramos...O que nada lá haveria!
Encontramos uma única faísca... de amor!

terça-feira, 12 de julho de 2011

Tô cansada de tudo...
Mas, tudo mesmo!!!
Pintei retratos nas paredes...
Figuras que eu teci minunciosamente.
Cada capitulo de um livro meu...
Que agora, tudo que eu queria 
era rasga-lo à todos os cantos do mundo...
Para que assim eu sumisse 
desta face da terra.
Queria que a pinturas penduradas 
na parede a minha frente, sumissem...
Evaporassem como água!!!
E que eu não mais existisse!

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Há um vacuo, onde não deveria estar...
Um silêncio onde não consigo escutar...
Pedaços de mim, ao longo do caminho.
Tenho sofrido e mantido minha promessa...
Tenho amado e me dado a tudo que pedia.
Calejei minhas mãos garipando minhas atitudes...
Olhei a estrada atrás de mim,
e tudo que tinha eram pesadelos e medos...
Promessas, duvídas e divídas mal resolvidas,
comigo mesmo.
Me deixei de lado...
Aliás,deixei eu no caminho bem lá trás.
Meus sapatos,ficaram ali na beira da estrada, quebrados...
As lágrimas que já tive, secaram nesta caminhada sombria.
O vazio, me segue como a morte, que procura sua próxima vítima.
Tenho sede e fome, de amor e carinho...
Perdoei muitas injustiças...
Perdi partes de mim...
E agora não mais me reconheço...
Caminho, porquê?
Em busca do que?
Ando atrás do passado... Que não mais volta...
Ando a caminho de um futuro, sem futuro...
E agora, sem nenhuma fenda tapando minha visão...
Consigo ver...Muito além...
Claramente, o que virei ...
Simplesmente um pó, á beira do caminho...
Sem nome, sobrenome e identidade...
Pois tudo que esta estrada criou, foi isso ...
Ossos empilhados sob um coração petrificado,
que o vento está a levar, para longe...
Fazendo de mim, assim, o completo nada que sempre fui!

A lua esta toda amarelada no céu,
nesta noite sombria e fria...
As estrelas sumiram do céu
com medo do gelido anoitecer.
Por aí, alguma mulher triste ,
chora por um amor perdido...
As lágrimas percorrem pelo seu rosto,
pela tristeza de um coração ferido e repartido
rapidamente, como se uma adaga entrasse
rasgando-lhe o peito.
Mutuamente seu corpo congela, assim como o dele
em algum lugar neste frio inverno...
Amanhã vai acordar triste e melancolica,
assim, como o dia, que haverá pastos congelados
e neve.
Agora olhando a lua, a vejo bem a minha frente,
e penso como é sofrido estar no céu, sozinha.
Então percebo, que ela esta lá, neste duro inverno
para alegrar os corações,
assim, esta a encher o coração petrificado
desta jovem de esperança...
Ajudando-lhe a entender que és triste ser apenas uma...
E não mais dois! 

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Vejo as pessoas andarem na rua...
Os sinais fecharem...
E os carros a gastar a suas rodas, diariamente.
Ouço os toc-toc dos saltos altos...
Narizes altos , e olhares altos e mandantes...
Pessoas sendo submissas de ideais sem ideologias...
Medos saindo de dentro e mostrando o seu lado obscuro.
Costelas quebradas na sociedade sem limites..
Leis e legislados, tentando ser realmente representantes
de um povo que não ao qual eles sabem que existem.
Os toc-toc passam, ignoram, rejeitam e assim mesmo somos subordinados...
Eis a pergunta: " Toc-toc , quem bate?"

quinta-feira, 9 de junho de 2011

As árvores estão secas , agora
as folhas estão caindo lentamente,
A chuva cai fininha e bate no vidro...
Sinto a sua falta , agora
O vento esta batendo na minha janela
e lembro dos seus sussuros ao meu ouvido
durante a noite.
Lembrei então dos beijos
quentes que me aqueciam em noites frias como estas,
que tocavam meu corpo minuciosamente.
Sinti, novamente, o toque de suas mãos
percorrer minha face delicadamente
e ao me olhar ardentemente.
Então, depois de tocar minha alma profundamente,
acordei novamente para a realidade...
esperando que você volte,aqui para meus braços.

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Sigo os caminhos
pelos lugares por onde vou
por trilhas já trilhadas e escondidas em meio a escuridão.
Perco o ritmo dos andares
e encontro passos no chão...
Entre todos os olhares , sigo em frente
Respiro e tento desistir, mas de nada adianta
Vejo o fim , e então entendo
De que sigo à sombra...
E não existo!

domingo, 8 de maio de 2011

Sonhei, com você
essa noite!
Senti saudade do tempo que
nada eu sentia
Do tempo que havia
apenas beijos sem contratos
Romances sem apego...
Senti tanta saudade, mesmo com voce.
Queria ficar como estavamos no meu sonho,
sem medos e desconfianças...
Sem nada...Só com o amor terno de nós!
Queria ficar ali com você como antigamente
com sonhos, carinhos e amor...
E sonhar...

As faces de uma sociedade desigual

A essa loucura...
Que o racismo e as diferenças humanas.
Porque não olhar para teus irmãos,
tua cultura e tua raça,
como iguais?
E ao invés disso, ignora-los!
As pessoas são assim...
Ao sonhar durante a noite, penso...
Será que isso nunca vai acabar?
É preciso juntar as forças para ficar de pé...
Orações e preces numa só voz, para proteger
o mundo e pedir PAZ...
É possível...Sonhar???
Sim, pois acreditar que um dia as pessoas vão
conseguir conviver...
Brancos, negros , pardos , mamelucos , indios ...
Independente de qual raça, cor ou etnia...
Somos seres humanos.
Somos iguais.
Somos povo de uma só cor, de uma só existência!
Somos diferentes , mas acima de tudo ....
Somos a diversidade em andamento.
Por isso...Sim, sonho todos os dias...
Com um mundo que haja paz e que todos vivão como IGUAIS!

by P. e T.
Sabe...
Aquela dor profunda, que parece que nunca vai passar?

É o que estou sentindo,
uma dor que parece ficar para sempre.
Uma dor tão profunda que me entristece
por todos os lados.
É um completo vazio...
Uma solidão...
Que me ocupa os passos e imobiliza meu andar ...
Sinto um frio a me congelar e isso só aumenta
o meu profundo sofrer.
E o que sobra aqui?
Apenas essa dor que jamais vai passar!

domingo, 10 de abril de 2011

Hoje, sei que te amo mais e mais
Me perco nas horas, durante a noite,
pensando em você.
Amo-te tanto...
Que as vezes até e belisco!
Sinto as vezes seu suave beijo, tocar meus lábios...
Quero você por toda a minha vida,
e muito mais além, enquanto eu ainda existir em outra existencia...
Quero cada toque e cada afago
e que todas as alegrias eu possa contar com você...
Meu eterno amor!!!


sábado, 9 de abril de 2011

Haaaaa...esta paixão louca que sinto por você!
Me destina e me enlouquece...
É corrosivo esse amor que me mata,
e que me faz pedir BIS...
Uma hora me entristece,
em outra me engrandece,por vezes me mata
de tantas alucinações.
Sofro , morro , rio e sorrio...
Perco as estribeiras, e acho as redeas de volta.
Somos completamente inconsequentes...
Sem substituição...
Esse é amor ...
Esse é você...Que não há nada igual!
E vai ser sempre assim com gostinho de quero MAIS....!!!

sábado, 26 de março de 2011

" Ser ou não ser, eis a questão!!!"

quinta-feira, 10 de março de 2011

....

A razão nos enlouquece peelo simples fato de ser tão racional.
Cria-se formúlas e fatos que nos encerram num caixote amplo, mas por outro lado completamente minusculo.
Há razões e razões...
Somos seres pensantes e isso nos torna, às vezes calculistas por demasia...
Isso é pensar ...por demais ...
Sim ou Não?
Pergunta ou Afirmação...

Fato é fato ...
Razão somente para aqueles que nunca tiveram
a chance de conhecer a EMOÇÃO!

quarta-feira, 2 de março de 2011

Passamos grande parte de nossa vida, à procura de algo que nos complete.
Procuramos algo que nos dê o sabor, a música pefeita, o amor de nossa vida!
Olhei um filme está semana, COMER, REZAR E AMAR.Claro, que ele não é
daqueles que se pode dizer: - Me apaixonei!
Mas, é completamente interessante...Uma visão do que realmente fazemos quando
sofremos e perdemos algo que acreditavamos firmemente, bloqueamos todos os
sentidos para não correr o risco de novamente abrir uma fenda no coração.
Após tudo isso acontecer, temos sempre que encontrar o sabor da vida novamente,
nos aventuramos em tudo que antes não faziámos, experimentamos pratos diferentes em lugares
diferentes.
Procuramos nos encontrar e saber o que há de errado comigo, o que houve? O que fiz?
São estas as perguntas que ficam, o que mais fazer do que sumir do mapa e se reencontrar com si mesmo.
Procurar as respostas em si e em Deus , ou em qualquer outra religião que você acreditar.
E depois de todo este processo, voltar a amar novamente!
Assim, são as pessoas.
Temos sempre que encontrarmos as respostas para poder encontrar a paz interior , e aprender que sempre se pode amar mais e mais, independente de quanto tempo isso demore para acontecer.
COMER , REZAR E AMAR ...é inexplicavél por traduzir uma verdade tão concreta da vida das pessoas que sofrem com o fim de relacionamentos, mas também por transparecer as diversas culturas do nosso mundo e tão quão todas são importantes e fazem um bem.
Acreditar em algo, é sempre bom ...Mas , com toda certeza , acreditar que sempre se pode mais, é muito melhor.
Seja forte, independente de quantas lágrimas cairem dos seus olhos.
Mantenha-se para não desmoronar...Suma se precisar, ou então esconda-se no seu quarto...Viaje, assim você vai conhecer pessoas que vão te fortalecer...
E nesse meio tempo, arranje um tempo para conversar com você e Deus, pois juntos acharam as respostas
para todas as suas perguntas, independentes de quais são as perguntas.
E acima de tudo , acredite que você pode ir muito mais longe...E que amar é MARAVILHOSO!

Esta, não é de autoria minha , na realidade é uma música da qual gosto muito e aprecio a letra.
Por ser tão simples e fatal...profunda!!!
Então resolvi colocar aqui onde compartilho meus momentos de inlucidez...
Boa leitura!!!

Tantas decepções eu já vivi
Aquela foi de longe a mais cruel
Um silêncio profundo e declarei:
"Só não desonre o meu nome"
Você que nem me ouve até o fim
Injustamente julga por prazer
Cuidado quando for falar de mim
E não desonre o meu nome
Será que eu já posso enlouquecer?
Ou devo apenas sorrir?
Não sei mais o que eu tenho que fazer
Pra você admitir
Que você me adora
Que me acha foda
Não espere eu ir embora pra perceber
Que você me adora
Que me acha foda
Não espere eu ir embora pra perceber
Perceba que não tem como saber
São só os seus palpites na sua mão
Sou mais do que o seu olho pode ver
Então não desonre o meu nome
Não importa se eu não sou o que você quer
Não é minha culpa a sua projeção
Aceito a apatia, se vier
Mas não desonre o meu nome
Será que eu já posso enlouquecer?
Ou devo apenas sorrir?
Não sei mais o que eu tenho que fazer
Pra você admitir
Que você me adora
Que me acha foda
Não espere eu ir embora pra perceber
Que você me adora
Que me acha foda
Não espere eu ir embora pra perceber


domingo, 13 de fevereiro de 2011

Perco cada pedaço de mim a cada dia...
Estou enfraquecendo,
meu corpo já não suporta mais.
Lágrimas caem, brigas acontecem...
e continuo vivendo assim, nessa vida insana.

Luto, e muito ...
e mesmo assim às vezes me pergunto...
Lutar para quê???
Porque continuar com estas dores na cabeça...
Porque prosseguir???

Mas , então caio em mim...
E chego a conclusão de que tudo
vale a pena!

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Amor...
Como consegues me seduzir só com o olhar...
Me confortar apenas com um abraço...
Me cuidar com tão pouco...
Estar comigo sempre por pensamento...
Me fazer chorar de tanto rir...
E dizer que me ama ao mesmo tempo...
Como consegue me olhar como se o mundo inteiro
fosse acabar e somente nós dois existissemos...
Como explicar esse mutuo desejo...
Como consegue me fazer te odiar tantas vezes
e depois te querer novamente...
Como ???
Consegue ainda me ipnotizar depois de tanto tempo???
Como?É a pergunta ...
E todas as respostas, estão em VOCÊ!
Tentei silenciar meu coração várias vezes
mas , não consegui...
Fechei os olhos para as lágrimas rolarem...
Dividi as dores, com meu caderno de extimação...
Tentei substitui-lo, afim de esquecer...
Mas, de que adiantou...????
Troquei afetos por desafetos
Esperanças por delírios
Amor por ilusão...
E no fim...
Voltei a encontrar a razão...
Pois achei VOCÊ!

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Pra que fingir que se esta tudo bem...
pra que negar que nada aconteceu...
Chorou, muito???
Paciência!
A vida é mesmo assim,
ninguém pode prever o futuro,
mas de nada adianta , negar que nada aconteceu.
Esconder???
Quem sabe!!!
Mas de quê adianta?
Iludir a alma e o coração e continuar acreditando numa falsa ilusão.

Se está com raiva...
Também estou ....
Mas , não nego...
você vê aqui no meu semblante
o quanto me desapontei com você...
Mas essa é a vida...VIVENDO E APRENDENDO.