sábado, 4 de setembro de 2010

Desejaria eu ama-lo tanto deoutro jeito, mas não posso...Prometi a mim mesmo não me apaixonar por você.É por isso que escrevo, para tirar de dentro de mim , este sentimento.Pois, toda vez que o vejo, me alucina.
Escrevo, para secar as minhas lágrimas...
Para não fazer perdurar esse sentimento aqui dentro...
Não é amor, ainda...
Mas é uma paixão que me enlouquece freneticamente...
Não, há como explicar...Nem mesmo milhares de palavras
escritas aqui , poderiam.
Escondo atras de meu rosto, isto que me tira o sono...Não sofro!
Apenas as vezes me iludo no meio da noite, querendo você.
Mas, sei que tudo passa...E então não me angustio tanto, com essa minha certeza,
de que tenho que esquece-lo de fato...Porque senão vai virar sim um sofrimento.